24 de agosto de 2015

Fechamento de posto de trabalho, já virou rotina no Brasil

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados impressionam. Em julho fecharam 157.905 postos no mercado de trabalho. As vagas fechadas eram de carteira assinada. Desde julho de 1992 o país não passava por uma situação tão estranha, apesar de a ocorrência se repetir seguidamente. Entre janeiro e julho, o Brasil foi surpreendido com o desaparecimento de 494.386 empregos com carteira assinada. O fechamento de postos de trabalho aconteceu em todas as regiões do país, principalmente nas seis principais regiões metropolitanas: São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Belo Horizonte e Porto Alegre. Atingiu particularmente os setores produtivos mais importantes. Indústria, construção civil, comércio, serviços, administração pública, agricultura. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE