10 de agosto de 2015

Governo e empresários, acham o transporte público eficiente

Governos e empresários acham o sistema de transporte público eficiente. A população, os deficientes físicos e idosos, contestam. Desaprovam. A lotação e o desconforto nos carros indicam a baixa qualidade dos serviços, apesar da passagem salgada. A falta de investimentos públicos em infraestrutura e a infernal mobilidade urbana estressam os usuários. Vidrados em lucro máximo e custo mínimo, banalizam os congestionamentos, a queimada de paradas, por alguns motoristas, a poluição, os acidentes, a carente intercalação de ônibus com trens, metrôs e ciclovias, os altos degraus nos veículos, a fajuta acessibilidade, a ocupação de bancos por jovens sem educação que não cedem o lugar é outro problema insolúvel. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE