2 de agosto de 2015

Os caixas das prefeituras permanece vazia

O caixa das prefeituras permanece vazio. Sem recursos para honrar os compromissos. Fruto de má administração e extravagante gestão. Muitas estão inadimplentes devido ao acúmulo de dívidas até com a Eletrobrás pela distribuição de energia. Em 2014, 92,9% dos gestores municipais pernambucanos deixaram de receber verbas federais face a irregularidades constatadas no Cadastro Único de Convênios, decorrentes de falta de comprovação ao Tesouro Nacional da contribuição previdenciária e de aplicação financeira obrigatória em saúde e educação. Lamentavelmente, dos municípios brasileiros, 5.570, quase a totalidade apresenta pendencias cadastrais. Situação que já devia ter sido regularizada com a revisão do Pacto Federativo. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE