26 de setembro de 2015

Ao invés de recomendarem corte de gastos, deputados deveriam dá o bom exemplo

A bancada da oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco agiu corretamente em recomendar ao governo do Estado o corte de gastos para enxugar a inchada máquina administrativa. Os deputados estaduais deduzem que antes de aumentar impostos o governo deve reduzir a monstruosa quantidade de secretarias, além de demitir o excesso de comissionados que engordam a folha de pagamentos do Estado. Sem transparência no contingenciamento e com o aumento da carga tributária o contribuinte é penalizado. A iniciativa dos nobres deputados em eliminar apenas 245 cargos comissionados é tardia porque faz tempo os aliados sobram nos gabinetes sem oferecer reciprocidade. E os vultosos salários recebidos por ex-deputados foram cortados? Não é mais um ralo com o bocão abeto engolindo dinheiro público à toa? Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE