8 de setembro de 2015

Governo segura o preço da gasolina nos postos, para evitar mais inflação

Extrair petróleo do subsolo é caro. Para extrair os bilhões de barris do pré-sal, depositados em águas profundas, o custo é mais caro, ainda. Como o preço dos combustíveis internos difere do mercado internacional e o patrimônio da empresa foi dilapidado pela corrupção, a Petrobrás se endividou. O Brasil não é auto suficiente na produção, tem alto consumo. O governo segura o preço do combustível na bomba para evitar mais inflação no país. Ao importar petróleo dolarizado e vender gasolina em real, desvalorizado em relação à moeda estrangeira, a estatal perde receita. O caixa enfraquece, a dívida puxada pela disparada do dólar, explode. O endividamento alcança muitos bilhões de reais. Enquadra a Petrobrás como uma das mais endividadas do mundo. A crise na Petrobrás é preocupante. Fez despencar o valor de mercado da empresa. Assustando os investidores. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE