11 de setembro de 2015

Ministros de defesa no Brasil não são militares

Em 10 de junho de 1999, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criou o Ministério da Defesa através da lei complementar n° 97 de 1999, substituindo os antigos Ministério da Marinha, Ministério do Exército e Ministério da Aeronáutica, que foram transformados em Comandos do Ministério da Defesa. O Estado-Maior das Forças Armadas foi extinto na mesma data. Por incrível que pareça nomeou um deputado,  Élcio Alvares que não sabia a diferença entre um fuzil e uma metralhadora automática como Ministro da Defesa. Agora no governo do Partido dos Trabalhadores continua do mesmo jeito e outro político Jacques Wagner baiano que deve entender de coco, óleo de dendê, capoeira mas duvido que entenda de defesa. Dilma tentou tirar ainda mais o poder dos militares com um decreto em um momento de crise, que terminou voltando atrás. Durante oito anos Lula não mexeu com revanchismo, respeitou a anistia e os militares e seu governo terminou bem sucedido e com sucesso. Será que Dilma não aprendeu que estava cutucando em um vespeiro. Foto: Edson Campos E Silva. Recife/PE