7 de setembro de 2015

Trânsito caótico e ninguém toma providência

Em vez de centrar esforços em medidas coercitivas contra os motoristas que buscam fugir dos congestionamentos crônicos no Recife, o Secretário de Mobilidade e Controle Urbano do Recife deveria, sim, apresentar soluções técnicas para o problema, piorando com a implantação da BRT. Com destaque para o final das Avenidas Caxangá e Afonso Olindense (Várzea), onde as obras complementares previstas no projeto original foram canceladas ou estão paradas. O que enfrentamos hoje nesse trecho (foto) é o caos criado por obras previstas, mas não concluídas, pelo fechamento  de cruzamentos, pelo amontoado de sinais dessincronizados, pelas manobras absurdas dos veículos do BRT efetuadas para fazer retorno no Terminal Integrado da Caxangá, fechando as faixas de passagem dos veículos. Foto: Firmino Caetano Junior. Gullherme Costa Vareta. Recife/PE