20 de outubro de 2015

Cadê a verba para dragagem do Porto do Recife

Enquanto sobram recursos públicos para a corrupção, faltam para financiar projetos de fundamental importância econômica para o país. A partir da segunda quinzena de novembro começa a temporada de navios de cruzeiros internacionais. Prevê-se a atracação de 23 transatlânticos no despreparado Porto do Recife, onde desembarcarão experientes turistas de passagem. O problema é a mesma improvisação do ano passado. Os passageiros desembarcam na área portuária, seguem de ônibus até o terminal de passageiros pra de lá tomar diversos destinos de recreação na cidade. Desde 2013 permanece no papel a proposta de licitação para a dragagem do Porto, atualmente impróprio para enormes navios. A aprovação da licitação depende do emperrado Programa Nacional de Dragagem que alega falta de verbas. Calculado momentaneamente em R$ 170 milhões, o projeto prever a modernização das instalações de acostagem, movimentação e armazenamento de cargas. Mas, o atraso deve dobrar de preço as necessidades de Pernambuco. Foto: Divulgação. Carlos Ivan. Olinda/PE