15 de outubro de 2015

Compesa e Tribunal de Justiça firmam nova parceria

A  Companhia Pernambucana de Saneamento está apostando na mediação de conflitos com os seus clientes nos Juizados Especiais Cíveis  para evitar  que as queixas que cheguem  ao  juizado sejam transformados em  processos judiciais. Seis meses após a implantação do primeiro Núcleo de Conciliação Pré-Processual da Compesa, na Central dos Juizados Especiais Cíveis, no Fórum Desembargador Benildes Ribeiro, na Imbiribeira, a  companhia  e o Tribunal de Justiça de Pernambuco, ampliaram a parceria com a  instalação de um novo Núcleo de Conciliação, desta vez  na cidade de Olinda, o primeiro implantado fora da capital pernambucana. A assinatura do convênio aconteceu dia 13.10;2015, no Fórum  Lourenço José  Ribeiro, localizado na Pan Nordestina. O evento contou com as presenças dos presidentes do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Frederico Neves e da Compesa, Roberto Tavares, além da  coordenadora da Central dos Juizados Especiais Cíveis, Ana Luíza Câmara, e dos diretores da Compesa, Simone Albuquerque, de Gestão Corporativa e Eduardo Sabino, de Mercado e Atendimento. Segundo o presidente da estatal, Roberto Tavares, a experiência exitosa adquirida no Juizado Especial da Imbiribeira  impulsionou a nova  parceria. Das  283 queixas registradas no período de abril a setembro deste ano,  foram imediatamente conciliadas 95% das ações que entraram  por esta estância. Foto: Cortesia