9 de outubro de 2015

Ferrovia Transnordestina

Parece ato de magia negra. O que presta para o Brasil acaba engolido pela maldade. Displicência, desinteresse. Pela quarta vez alteram o preço da implantação da Ferrovia Transnordestina. Nunca uma obra de fundamental importância para a economia do país sofreu tanto reajuste. No inicio, a obra foi avaliada em R$ 4,5 bilhões, depois reajustaram o preço para R$ 5,4 bilhões, posteriormente aumentaram para R$ 7.5 bilhões. Recentemente recalcularam o custo final da obra em R$ 11,2 bilhões. O mesmo procedimento aconteceu com o prazo de entrega da ferrovia. De 2010, projetado inicialmente para a conclusão da ferrovia, passou para 2012 que foi adiado para 2013, 2015, 2017 e agora planejam entregar a obra somente em julho de 2018. Enquanto isso o Nordeste fica a ver navios passando ao largo, distanciando o sonho do nordestino em experimentar novo impacto de desenvolvimento econômico. Foto: Ilustrativa. Carlos Ivan. Olinda/PE