2 de outubro de 2015

Instituto de Recursos Humanos cede livro ao arquivo público

Um diálogo importante para a memória da medicina em Pernambuco ocorreu nessa terça-feira (29) entre dois órgãos estaduais. O Instituto de Recursos Humanos (IRH) cedeu ao Arquivo Público um livro datado de 1893 cujo conteúdo traz o que seriam as primeiras perícias médicas realizadas no Estado. Caberá agora aos funcionários do Arquivo Público conservar, digitalizar e disponibilizar o achado para o público. Todo escrito à mão, o registro encontra-se em bom estado, apesar de ter mais de 100 anos e ser composto de papel de celulose, um material frágil. As primeiras perícias começaram a ser registradas no caderno em 1894, e seguiram por décadas. A noção histórica das doenças que acometiam os pernambucanos na época e a distinção da terminologia médica comparativamente aos dias de hoje são apenas alguns dos dados que tornam o resgate do documento importante. Além das perícias, dentro do livro havia também um desenho do rosto de uma mulher e o trecho de uma poesia de García Lorca, provavelmente obra de um médico num momento de ócio. Foto: André Valença