5 de outubro de 2015

Resgate do dinheiro depositado na Suiça

Uma vez que o Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, reafirma que os cinco milhões oriundos do Brasil numa conta secreta na Suíça não pertence a ele (deve ter sido alguma pessoa má intencionada querendo prejudicá-lo), as autoridades brasileiras poderiam solicitar ao Ministério Público suíço o resgate desse dinheiro para ser empregado onde deveria ter sido. Juntando aos outros valores desviados da Petrobras que poderiam tomar esse mesmo destino, se evitaria aumentar os preços dos combustíveis e quem não tem culpa no roubo pagar o pato. Foto: Divulgação. Cláudio de Melo Silva. Olinda/PE