20 de novembro de 2015

Intervenção na prefeitura municipal

O governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), com o apoio do Ministério Público, resolveu, de uma vez por toda, intervir na Prefeitura da cidade de Gravatá por conta das graves denúncias de atos de improbidade administrativa do então prefeito, Bruno Martiniano. administrativa. Apesar da intervenção ser vista como um ato um pouco inadequado por conta da indicação de um coronel da Polícia Militar assumir o cargo de prefeito temporário, nada impedirá que as próximas eleições municipais ocorram de forma democrática. O motivo da intervenção faz parte do processo investigatório para que os fatos sejam esclarecidos sem pre-juízos para os funcionários efetivos. Até a folha de pagamento dos professores do município foi feita de forma regular. Não deixa de ser lamentável ver um incidente dessa amplitude ser divulgado publicamente. Foto: Firmino Caetano Junior. Breno dos Santos. Gravatá/PE