28 de novembro de 2015

O povo merece respeito senhor governador

O posto de coleta de exame de sangue do Sassepe, que fica na rua Henrique Dias, bairro do Derby, no Recife, em Pernambuco. está deixando muito a desejar. São quatro guichês de atendimento e quatro pessoas (só observei duas) realizando os exames. Sem estrutura física para caber todo mundo o caos reina, pois são centenas de pessoas em sua maioria idosos que chegam logo cedo ao local, e só são atendidos depois de quase três horas de espera. Haja sofrimento e falta de respeito para com todos. O pior é que neste posto de coleta as pessoas especiais não tem vez. Mas, tudo isso só vêm acontecendo, em razão do governo do Estado Paulo Câmara ter cortado o convênio que o Sassepe tinha com várias clínica particulares. E fica a pergunta: Porquê esses convênios foram cortados? Maldade com quem precisa ou falta de dinheiro do governo em caixa para cobrir as despesas? Se a resposta for a falta de dinheiro não justifica, pois os associados pagam suas contribuições todos os meses e que são debitados automaticamente em seus contra-cheques. Cadê então o dinheiro arrecadado? Foto: Juliana Alves Ferreira. Recife/PE
O Hospital dos servidores gerência médica responde: Informamos que enviaremos a manifestação a gerência do laboratório para que as medidas cabíveis sejam tomadas, com o objetivo de melhorar nosso atendimento. Ouvidoria IRH