4 de novembro de 2015

Omissão do poder público

Praticamente todas as calçadas próximas aos hospitais localizados na capital pernambucana estão tomadas por "camelôs", obrigando os transeuntes, inclusive alguns com deficiência de mobilidade, a disputar espaço com os carros, ao usar as ruas como via de locomoção. Este flagrante registra uma situação que ocorre em frente ao Procape (Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco), no bairro de Santo Amaro, no Recife. E vamos combinar que o problema causado por esse tipo de "barraquinha", causando impecilhos em relação a mobilidade, talvez seja o menor dos males, considerando-se os enormes riscos que acarreta para a saúde pública, ao vender lanches e refeições preparados e/ou servidos sem a mínima fiscalização de qualquer órgão de Vigilância Sanitária. É uma "zona total"! Foto: Júlio Ferreira. Recife/PE