15 de novembro de 2015

Resposta do Lafepe sobre falta de medicamentos

O Lafepe encontra-se em processo de certificação, ou seja, adotando melhorias em seus processos fabris a fim de atender plenamente às exigências dos órgãos regulatórios de vigilância sanitária, cada vez mais exigentes quanto à qualidade, segurança e eficácia dos medicamentos. Salientamos que o processo de certificação é longo e visa estabelecer um marco na estruturação das ações de garantia de qualidade dos laboratórios públicos brasileiros. Informamos que durante este processo para a obtenção do Certificado de Boas Práticas de Fabricação, a produção de alguns medicamentos foram priorizados por sua criticidade, como por exemplo os utilizados no coquetel para o tratamento da AIDS. Por outro lado, constantemente há renovações e alterações das prescrições médicas e diversos medicamentos, como por exemplo a cimetidina são, gradativamente, substituídos por drogas mais novas de maior eficácia e maior segurança. Informamos ainda que o Lafepe não sofreu pressão de outros laboratórios e, pelo contrário, tem investido em parcerias tecnológicas, renovação do parque fabril e atualização de sua linha de medicamentos. Por fim, o Lafepe está somando esforços para a obtenção do Certificado de Boas Práticas de Fabricação e, consequentemente, maximizar a oferta de medicamentos de baixo custo à população. Foto: Firmino Caetano Junior. Assessoria de Comunicação