18 de dezembro de 2015

Leituristas e o mosquito da dengue

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está engajada no combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, chikungunya e zika vírus, esta última doença associada às centenas de casos de microcefalia e aos recentes registros da Síndrome de Guillain-Barré, sobretudo no Nordeste. Dia 16.12.2015, 450 leituristas começaram a ser capacitados para atuar como agentes identificadores de focos do mosquito nas 1,7 milhão de residências do estado, que são visitadas mensalmente por esses profissionais para aferição do hidrômetro. Além disso, todas as caixas d’água que são abastecidas pela Compesa, principalmente no interior, serão inspecionadas para prevenir e eliminar focos. Fonte: Compesa. Foto: Firmino Caetano Junior