21 de fevereiro de 2016

Paulo Câmara, o técnico que virou politico

Eduardo Campos sempre defendeu que Paulo Câmara deveria ser eleito governador de Pernambuco por ser um técnico competente. Realmente seu curriculum como secretário estadual da Fazenda, formado em economia pela Universidade Federal de Pernambuco, pós-graduado e mestre em gestão pública,  idealizador do Fundo Estadual dos Municípios, que viabilizou o repasse de R$ 228 milhões a prefeituras de Pernambuco em 2013 é sem dúvida um grande técnico. Na minha opinião é um gestor de perfil discreto e eficiente. Mas o vírus da Zika política deve ter afetado o governador. Contratar dois filhos de Eduardo Campos é sem dúvida uma infeliz ideia muito política e pouco técnica. Foto: Cortesia. Edson Campos E Silva. Recife/PE