8 de março de 2016

Petrobras pode pagar R$ 30 bilhões de dívidas trabalhistas

Em meio à maior crise financeira de sua história, a Petrobras tenta se livrar de um esqueleto que pode chegar a R$ 30 bilhões em ações trabalhistas patrocinadas por sindicatos de petroleiros. Os processos são resultados de medidas tomadas pelo setor de recursos humanos da companhia desde 2012. Uma dessas ações refere-se ao pagamento de adicional de periculosidade para trabalhadores em áreas de risco, previsto por lei. Em 2007, após negociação com os sindicatos, o benefício foi estendido a todos os empregados da Petrobras (mesmo os que trabalham em escritórios). O adicional corresponde a 30% do salário. Em seu balanço do terceiro trimestre de 2015, a Petrobras calcula que esse processo possa custa R$ 3,4 bilhões. Especialistas no tema, dizem que este valor pode chegar a soma de R$ 20 bilhões. Foto: Divulgação. Agência Brasil