17 de abril de 2016

Preconceito dentro dos ônibus

Uma dupla de cantores de emboladas estão sempre presentes nos coletivos que circulam pela cidade do Recife e quase sempre tomam os ônibus de graça nas paradas da Avenida Caxangá, bairro do Cordeiro. Muitos gostam da presença deles nos veículos, pois com seus instrumentos de trabalho (pandeiros), cantam músicas tirando sarro com os passageiros quando não dão dinheiro. Uma forma de se ganhar dinheiro, pois os usuários ficam constrangidos e terminam dando. O que não concordo é o modo de como são tratados os gays, lésbicas etc, pois o que falam em suas canções dessas pessoas, é puro preconceito e isso dá cadeia. Portanto, deixem de fazerem isso, pois é um crime. Como perguntar não ofende: por quê motoristas deixam essas pessoas entrarem de graça nos ônibus? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE