27 de agosto de 2016

Assaltos a bancos deixam população entregue a própria sorte

Os números são assustadores e crescentes. E não há solução a curto ou médio prazo. Segundo balanço da Secretaria de Defesa Social foram 116 investidas contra instituições financeiras entre janeiro e julho de 2016, bem mais que as 97 ocorrências no mesmo período de 2015 em Pernambuco. Nos números deste ano se incluem 37 explosões, oito a mais do que no ano anterior. O resultado não poderia ser diferente: o fechamento de várias agências bancárias no interior. Só do Banco do Brasil são 35 unidades. Para a população humilde, principalmente os aposentados e pensionistas, o quadro é de desalento: idosos e portadores de deficiência precisam de deslocar para outros municípios para receberem seus proventos. Mas, em muitos casos, eles nem sabem para onde ir, ou faltam recursos para a passagem. Além disso, o fechamento das agência bancárias influencia diretamente na economia dos municípios, já que falta dinheiro circulando no comércio. Foto: Polícia Federal. Editorial Jornal Folha de Pernambuco