3 de novembro de 2016

Esbórnia de senadores em tempo de crise

O Senado Federal decidiu manter abertas as torneiras de gastos. A Mesa Diretora autorizou a contratação de “empresa especializada para prestação de serviços de buffet”. O Senado pretende gastar R$ 262 mil com um cardápio que inclui cortes especiais de carne, frutos do mar, peixes nobres, etc. Também vai gastar R$ 681 mil na compra de 220 aparelhos de TV Full HD. Os senadores dão sinais claros de que estão noutro planeta, noutra galáxia, noutra realidade. Muito distante da vida e do cotidiano dos cidadãos que dizem representar. A esbórnia protagonizada pelos senadores da República não é apenas desatenção ou ignorância. É a consagração do desprezo pelo Brasil, sentimento basilar de quem corrompe e tem convicção da impunidade. É a mais vertiginosa e solene falta de vergonha na cara. Foto: Divulgação. Herder Caldeira. Escritor