8 de setembro de 2013

Profecia estarrecedora

As rebeliões que acontecem na Funase (fundação de Atendimento Socioeducativo) onde ficam os menores que praticam roubos, assaltos e homicídio, localizado na cidade de Abreu e Lima, interior do estado de Pernambuco, deixa uma profecia estarrecedora. Um sonho marcado pela dura realidade de se saber que ali está uma geração condenada ao mundo do crime. Eles não pediram para nascer desta maneira. E sabemos, também, que somos um pouco responsável por permitir que isso aconteça a partir da hora que elegemos autoridades sem competência para se estabelecer uma preventiva contra um mal inevitável. A pobreza não é a pior causa de tamanho distúrbio social, mas sim, a educação social destinada aos seus semelhantes. O tal do “capitalismo selvagem”, onde todo interesse se prende ao lucro fácil, esquece do mais difícil: descobrir que isso existe. Foto: Nando Chiappetta. Breno dos Santos. Gravatá/PE