31 de outubro de 2013

Saudades do tempo em que "lugar de crianças era na escola"

Dia 29, por volta das 14 horas, tive de ir até o setor de cargas do Aeroporto dos Guararapes, buscar uma encomenda. A chegar ao portão de entrada, deparei-se com esses dignos representantes da nossa "juventude desocupada" que estavam no portão do terminal de cargas (algumas desde as 6 horas da manhã), esperando para ver Luan Santana, que estava com chegada prevista para as 16 horas e deveria desembarcar por aquele setor. Diante do quadro, cabem duas perguntas. 1) Será que se precisassem ficar, por exemplo, em uma fila de um posto de saúde, para garantir um atendimento médico para suas mães ou avós, esses "DI MENORES" teriam a mesma disposição? 2) Será que alguma “otoridade” ficou preocupada em questionar os pais dessas “criancinhas”, para saber o motivo delas não estarem na escola? Acrescente-se ás óbvias impertinências envolvidas no caso, a situação de risco em que essas crianças ficam em relação ao assédio de pedófilos, pois durante o tempo em que estive no local, diversas foram as “CRIANÇAS” que se aproximavam dos que tinham acesso ao local, com propostas insinuantes e/ou provocativas, a exemplo de perguntas acerca “do que precisava fazer” para que tivessem a entrada facilitada, de modo a ver Luan Santana de perto. Entendeu? Ou quer que desenhe? Foto: Júlio Ferreira. Recife – PE