28 de outubro de 2013

Só restou a tinta neste ato de vandalismo

Grupos de vândalos que atuam em todos os bairros da capital de Pernambuco e nunca são pegos, pois nunca vi um desses marginais na cadeia, passam pela Estrada dos Remédios, no bairro da Madalena, e tocaram fogo em uma lixeira instalada em uma parada de ônibus ali instalada (verificar foto) onde só restou o suporte da lixeira e a tinha no chão. Esses destruidores do patrimônio público e privado são iguais ou piores do que o grupo de mascarados que atuam nas manifestações que vez por outra acontece na cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e também no Recife, que se infiltram no meio dos manifestantes que reivindicam alguma coisa de forma pacífica e quebram tudo que encontram pela frente (ônibus, lojas comerciais, veículos de imprensa etc) e fica por isso mesmo, deixando a polícia indignada, pois na verdade os culpados mesmo por esta baderna é a justiça que não pune com vigor e, principalmente os parlamentares, que já deveriam ter criado uma lei para freia a ação desses marginais com penas severas e sem direito a fiança. Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE