27 de outubro de 2013

Um problema social e péssimo cartão-postal para cidade

As calçadas da Avenida Presidente Getúlio Vargas, nos dois sentidos,  no bairro Novo, na cidade de Olinda, estado de Pernambuco e, cujo município é um patrimônio histórico da Humanidade, está tomada em toda sua extensão por fiteiros, barracas, vendedores de produtos piratas e por ai vai. Esses comerciantes informais pode ser encontrado em frente de casas comerciais devidamente regularizadas e que pagam seus impostos tanto ao governo do estado e à Prefeitura de Olinda e, muitos deles instalados nas portas de agências bancárias que só vivem lotadas, sem pagar impostos, tirando o direito das pessoas de ir e vir e causando uma péssima impressão aos turistas que visitam a cidade. O problema é antigo e até agora não teve um prefeito com a coragem de proibir esta prática, mesmo que para isso, perca alguns votos durante o período eleitoral. É bem verdade que se trata de um problema social, pois muitos desses comerciante informais já não conseguem emprego com carteira assinada em razão da idade. Mas, calçadas foram feitas para pessoas andarem e não para se instalar barracas. Preciso se faz que o prefeito Renildo Calheiros tome coragem, mande retirar todas as barracas do local, mais para isso é preciso antes de tudo, conseguir um lugar decente para que essas pessoas possam venderem seus produtos. Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE