5 de outubro de 2013

Vandalismo ao extremo e ninguém foi preso

No dia 30 do mês passado, trens do Metrô do Recife foram alvo de grupos de vândalos que quebraram vidros, arrancaram catracas, danificaram câmeras de segurança e bilheterias causando um prejuízo estimado em R$ l00 mil. Tudo isso porque um dos trens sofreu uma falta mecânica e deixando assim os usuários sem este meio de transporte por um período de tempo muito curto. As cenas de vandalismo foi mostrada pela televisão com imagens das pessoas provocando o quebra-quebra sem dó nem piedade que pareciam mais um bando de selvagens e, nem pensaram que dentro dos vagões poderia estar um amigo, parente próximo como por exemplo: sua mãe, seu pai e por ai vai. Esses marginas se prevalecem da impunidade que reina nesta país e da passividade das "autoridades" que nada fazem e não prendem ninguém. É o poder público fazendo vista grossa para essas ações, porque grande parte desses marginais recebe benefício do governo como bolsa escola, vale gás, auxilio geladeira, auxilio sapato, auxilio cachaça, etc,etc,etc,etc. Outro agravante para não se prender ninguém é o fato que estes bandidos votam e para as autoridades (leia-se políticos) não vale à pena punir esses vândalos. Dese jeito e para que fatos como este não se repita, o bom seria que a direção do Metrô do Recife colocasse para rodar sobre os trilhos, trens como este que aparece na foto, pois caso fossem depredados o prejuízo seria menor. Ou seja, voltar ao tempo do homem das cavernas. E como perguntar não ofende eu pergunto: Já prenderam os bandidos? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE