14 de novembro de 2013

Agressão à inteligência do povo pernambucano

O deputado e líder da oposição Daniel Coelho, crítica ao que chamou de incoerência e atitude “eleitoreira” do governador Eduardo Campos, que, mesmo tendo inchado a máquina pública com secretarias e comissionados, anunciou no Programa do Jô, dia 11, que reduziria a quantidade de pastas de sua gestão. Segundo Daniel, o anúncio “é uma agressão à inteligência do povo de Pernambuco". As declarações do PSB em relação à política nacional é confusa, pois muita coisa do que vem sendo defendido em nível nacional não condiz com o governo estadual. Defendi a redução de comissionados e o governo negou, dizendo que não havia excessos para cortar. Anunciaram o corte. Agora, a surpresa maior: anunciaram a diminuição no número de secretarias que o próprio governo criou. Em sete anos só fez aumentar e agora que está prestes a deixar o governo, diminui para seu sucessor e não é possível que num Estado com as dificuldades financeiras de Pernambuco, apenas no fim da gestão o governo anuncie o fim de secretarias, mostrando, inclusive, que a oposição agiu corretamente quando fez essas cobranças. Foto: Zé Paulo Cardeal.