20 de novembro de 2013

Tecnologia acelera realização de obras

A Compesa está usando a tecnologia para causar o menor impacto ao trânsito e aos pedestres que passam pela Avenida Sul, no bairro de São José, na área central do Recife. No local, ao longo do corredor de ônibus, a companhia está implantando 1.350 metros de tubulações de água por meio do método não-destrutivo, que consiste em inserir a rede sem a necessidade de escavar grandes valas.  As vantagens dessa técnica e que em vez de furar 1,5 quilômetro de pavimento, os buracos espaçados a cada 120 metros, já economiza 90% do trabalho de escavação. Com o auxílio das máquinas, um serviço que no método antigo iria demorar de três a quatro meses fica pronto em 30 dias e além de aumentar a velocidade das obras, o emprego do método não-destrutivo permite reduzir os transtornos ao trânsito de veículos. Foto: Cortesia