10 de dezembro de 2013

Mandela e Lula

Ao ler o noticiário desta semana ficou patente a fossa abissal que separa o líder sul africano e há tempos também mundial Nelson Mandela, do inegável líder brasileiro Lula da Silva. Ambos tem origem pobre, mas só um estudou , tendo se formado em advocacia. Um lutou contra a desigualdade e a perseguição desumana que se fazia contra os negros na Africa do Sul, e conseguiu estabelecer uma nova realidade para seus irmãos neste país, sem alimentar sentimentos de ódio e vingança na população negra. O outro, instiga o fortalecimento do preconceito e da luta de classes, jogando o povo contra o que ele pronuncia "zelite" paradoxalmente com a qual Lula sempre manteve estreitos laços de amizade e negócios. Um lutou por um ideal através da ética. Outro lutou pela obtenção do poder e que dane a ética. Um ficou preso por 27 anos. O outro por apenas 31 dias. mas em vista disso, mereceu receber uma aposentadoria compensatória pelo Ministério do Trabalho, tendo recebido em benefícios atrasados cerca de R$ 56 mil reais, e mensalmente é agraciado com valores que em 2006 significava 4.660 reais. Realmente, a diferença entre os dois líderes é gritante. Mara Montezuma Assaf. São Paulo/SP