13 de fevereiro de 2014

Coitado do animal e haja sofrimento

Esta cena já se tornou bastante comum no Recife, capital do Estado de Pernambuco e ninguém toma providência. Neste flagrante feito na Avenida Caxangá, bairro do Cordeiro, este cavalo que aparece na foto em cima da calçada e de frente à uma loja comercial, ficou bastante tempo amarrado, enquanto seus condutores (3 homens) entravam no estabelecimento para resolver alguma coisa ou mesmo arranhar carga para transportar, pois trata-se na realidade de uma carroça de aluguel. Durante o tempo que os condutores lá estiveram, o bicho tentou a tudo custo sair da situação que se encontrava (preso e amarrado) e apesar do esforço não conseguiu. Pelo esforço do cavalo de se livrar da situação, até parece que queria fugir do dono (os), pois quem sabe não vem sofrendo maus tratos tais como: Pancadas, falta de comida e água? É ou não um absurdo casos como esse? E por onde anda a fiscalização que não "ver" isso? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE