21 de março de 2014

Calamidade quando chove na cidade desgovernada

É de calamidade pública o estado que fica este trecho da Avenida Getúlio Vargas, no bairro novo, cidade de Olinda, patrimônio Histórico da Humanidade, quando chove forte. É grande o volume de água na calçada e na pista para desespero dos pedestres, comerciantes e para carro e ônibus (centenas deles) que circulam pela via. O descaso é porque a Rede de Água Pluvial só vive entupida, e como a água podre misturada com lama, baratas, ratos, etc, não tem por onde escoar, fica saindo por Bocas-de-lobo existentes no local. Saí prefeito e entra prefeito e ninguém teve a determinação de mandar limpar as galerias como deveria ser feita (serviço bem feito) e quando isso acontece (limpeza), o "serviço" fica muito a desejar, jogando o dinheiro do contribuinte no ralo. Olinda realmente é um caso perdido e essa administração do atual prefeito, é considera a mais desastrosa de todos os tempos. Eleitores mandam um recado ao prefeito Renildo Calheiro: Vão dá o troco nas urnas, não votando nos candidatos à deputados apoiados pelo ele nessa eleição, em sinal de protesto. Bem feito. Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE