11 de março de 2014

Carta aberta ao primeiro ministro do Japão

No dia 14 de março, faz três anos da tragédia de Fukushima, no Japão. No ano passado em várias capitais brasileiras foram entregues cartas nos consulados e na Embaixada Japonesa lembrando este fatídico dia. Aqui no Recife um grupo de pessoas foi impedida de chegar até o consulado japonês e entregar uma carta ao cônsul,  endereçada ao primeiro ministro japonês. Dai esse ano, resolvemos localmente divulgar uma carta aberta dirigida ao primeiro ministro japonês. A mesma está sendo entregue em vários consulados e na embaixada em  Brasília, manifestando nossa solidariedade às vitimas da tecnologia atômica, em todo o mundo, e nosso apoio às exigências dos japoneses que anseiam pela imediata indenização de todos os trabalhadores e das populações afetadas pela tragédia de Fukushima; pela evacuação imediata das crianças e comunidades da região; pela revogação da lei que ameaça a liberdade e o direito à informação; pelo fechamento das usinas nucleares e pela não exportação desta tecnologia para outras partes do Planeta! Foto: web. Heitor Scalambrini Costa. Recife/PE