6 de abril de 2014

Assédio sexual dentro dos cinemas

Parte da população do Recife, capital de Pernambuco, infelizmente não é chegada aos estudos, não admira a qualificação profissional e maioria prefere viver sem fazer força. A falta de estímulos é uma das causas que levam parcela da juventude a viver do outro lado social, aprontando, fazendo o que não deve, cometendo delitos. A repercussão do assédio sexual sofrido por uma advogada num cinema do Plaza Shopping, na Zona Norte do Recife, chocou a sociedade. Mereceu reações contra a falta de segurança, a inexistência de fiscalização etc, até nos locais de lazer. Tudo bem que a prática de assédio contra a mulher é antiga. Na nossa cidade isso vem desde os tempos do antigo cinema São Luiz (FOTO) e hoje funcionando normalmente depois de um bom tempo fechado. No entanto, como o costume do homem se enterrar na poltrona para se masturbar, perto de mulheres, sentadas em poltronas próximas, causa constrangimento, agride a moral, é chegada a hora das autoridades ficar alerta. Agir com intensidade contra os encoxadores, ladrões, psicopata, pedófilos, estupradores e tarados. seja em que ambiente for. Shoppings, ônibus, metrô, passeios ou circulando pela cidade. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE