12 de abril de 2014

Vendas de animais silvestres é um afronto à polícia

O Recife é a cidade brasileira onde mais se comercializa ilegalmente animais silvestres. A prática absurda de presentear crianças com filhotes de animais (cães, gatos etc) sem as devidas procedência e sem licença dos órgãos responsáveis, precisa ser abolida de uma vez por todas. Outro habito condenável é a criação de pássaros e aves silvestres em cativeiro, o que contribui para a destruição das espécies e muitas delas em extinção. Um exemplo é esta feira de troca-troca que funciona ao lado da feira livre do bairro do Cordeiro, todos os domingos pela manhã, onde se vende estes tipos de animais e muitos outros na vista de todo mundo, e ninguém toma uma providência, no sentido de acabar com este crime contra o meio ambiente e contra os animais de um modo geral. Aliás, esta feira tinha acabado, mas agora voltou com força total. Quem autorizou o seu funcionamento de novo? Cadê o Ibama? Cadê a polícia? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE