22 de junho de 2014

Papa repudia legalização de drogas

O papa Francisco afirmou da sexta-feita (12) que é contra a legalização de qualquer tipo de droga. A droga não se vence com drogas. A droga é um mal e, como o mal, não pode haver relaxamento ou compromissos. Pensar em poder reduzir o dano, permitindo o uso de psicofármacos àquelas pessoas que continuam a usar drogas, não revolve de fato o problema. A legalização das chamadas drogas leves, mesmo de modo parcial, além de ser, pelo menos, questionável em termos de legislação, não produz os efeitos que foram prefixados, disse o pontífice, após receber, no Vaticano, participantes de uma conferência internacional de agências anti-drogas. No mesmo dia em que o Papa se pronunciou a respeito das drogas, a Assembléia e o Senado de Nova York aprovaram a legalização da maconha para uso medicinal. A princípio, algumas empresas e associações sem fins lucrativos vão poder distribuir a droga em quatro centros. A lei inclui ainda algumas sanções penais para quem tentar burlar o sistema. Vinte e três estados norte-americanos já permitem o uso medicinal da maconha. Foto: Polícia Federal. Fonte: Agência Brasil