17 de julho de 2014

Árvores e galhos na calçada e haja descaso

Antes da Copa do Mundo e ao passar pela Rua Professor Trajano de Mendonça, no Bairro da Torre, no Recife, capital do frevo, fiz questão de registrar a podação de uma árvore enorme. Até então tudo normal se os funcionários da Emlurb (Empresa de Limpeza Urbana do Recife) o fizeram conforme manda a lei. Entretanto, após o corte deixaram galhos e folhas espalhadas pelo chão e tirando assim a visão dos usuários do transporte coletivo, pois a menos de 5 metros do local existe uma parada de ônibus. Outro detalhe: Por quê quando foram fazer o corte e junto com os funcionários não se deslocou ao local um caminhão da empresa municipal para remover na hora as folhas e os galhos que ficaram espalhados pelo chão? Afinal, que já se viu deixar um monte de sujeira espalhada pelo chão, tomando o espaço de quase a calçada inteira, uma parte da pista e irem embora sem dar explicações? Com a Palavra a Emlurb, para nos explicar se é normal este procedimento. Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE