28 de setembro de 2014

Lugar de políticos corruptos é na cadeia

Apesar de alguns mensaleiros estarem atrás das grades, pagando pelo crime de desvio de dinheiro público, os escândalos de corrupção não param no país. Todo dia aparecem denúncias de mais casos descobertos. A maioria concentrada nos bastidores da política. É vergonhoso para um país observar o crescimento da prática de corrupção ativa e passiva, graças à impunidade. Em um ano, apenas, entre 2012 e 2013, o número de presos condenados por corrupção subiu de 697 detentos para 977. Ainda bem que dois fatores contribuíram para aumentar a quantidade de condenados por corrupção. A cobrança mais abrangente do Conselho Nacional de Justiça junto aos Tribunais, e o maior interesse da sociedade em fiscalizar os atos desonestos praticados na administração pública. Compete agora à sociedade permanecer alerta. Não abrir a guarda contra os corruptores, para ver se um dia o Brasil se endireita, colocando os corruptores no lugar merecido. Carlos Ivan. Olinda/PE.