3 de setembro de 2014

Tripulantes de barcos não usam Salva-Vidas

São vários barcos que estão navegando pelo Rio Capibaribe expondo bandeiras e cartazes de candidatos que estão estão concorrendo neste ano de 2014, à uma vaga para Deputado Estadual/Federal, Senador e ao Governo do Estado de Pernambuco. Só que os pretendentes esqueceram de informar aos comandantes desses barcos, para usarem coletes de Salva-Vidas, pois se o barco afundar e causar algum acidente, quem será responsável pela tragedia? Como se sabe, este item é indispensável em qualquer tipo de embarcação que vai desde um barco de pequeno porte até um navio de grande porte (petroleiro por exemplo). Afinal, que é o responsável pela fiscalização. Quando as propagandas nada contra, pois não é proibida pelo Tribunal Regional Eleitoral. Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE