20 de dezembro de 2014

Geração que não estuda nem trabalha

Estarrecedora divulgação do Instituto Brasileiro de geografia e estatística (IBGE) que um em cada cinco jovens brasileiros entre 15 anos e 29 anos (20,3%) não estudou nem trabalhou em 2013, a chamada geração nem-nem formada por quase 10 milhões de jovens. É simplesmente uma afronta ao cidadão que passa o dia inteiro suando debaixo de um sol escaldante para poder sobreviver e pagar seus impostos de forma honesta e ter sua contribuição ao governo desviada para sustentar jovens com a cumplicidade de seus pais que ao invés de educarem seus filhos para serem produtivos os transformam em marginais parasitas e inúteis. Foi um retrocesso a descriminalização do crime de vadiagem que até o ano de 2012 punia com prisão que ficasse na ociosidade estando apto a trabalhar, porém essa lei sempre foi contrária aos interesses da maioria dos políticos brasileiros que são eleitos graças a essa parcela da população que não estuda, não trabalha e vive de migalhas. Foto: Firmino Caetano Junior. Daniel Marques. Virginópolis/MG