16 de janeiro de 2015

Aumento de passagem e serviço continua de péssima qualidade

O reajuste das passagens de ônibus taí. Mas, não falam sobre o precário sistema de transporte público do Recife. A reduzida frota, os terminais integrados lotados, as demoradas saídas dos ônibus, os veículos coalhados, o desconforto da viagem. Os três mil ônibus, nas 394 linhas, são insuficientes para os dois milhões de passageiros que diariamente utilizam o apertado coletivo. Para as empresas, não. Quanto menos ônibus nas ruas, melhor. Assim, em poucas viagens cobrem os custos com motoristas, cobradores, fiscais e com as despesas normais do coletivo. Aumentando lucros. Foto: Firmino Caetano Junior. Carlos Ivan. Olinda/PE