24 de abril de 2015

Dinheiro para os parlamentares, vai sair dos nossos bolsos

Prevendo tempos difíceis, o guru do governo deve ter instruído sua pupila a sancionar em 02 de janeiro a LDO de 2015, por sinal aprovada por deputados e senadores, que impede que recursos do Fundo Partidário sejam alvos de contingenciamento orçamentário. Afirmo ser coisa do guru porque Dilma não costuma ter visão de longo alcance, normalmente não enxergando um palmo adiante do nariz, trombando com os fatos na maioria das vezes. Este turbinamento dos recursos, essa metida de mão premeditada nos cofres do governo foi em função do PT ter sido compelido a "abrir mão" das doações de empresas particulares, e é mais um dos trambolhões da presidente. Temer, cinicamente, afirma que o PMDB abrirá mão de 25% da verba do fundo destinada ao partido em 2015. Se o PT vai meter a mão em nossos bolsos, que os demais partidos se sintam confortáveis em fazer o mesmo, ou vai sobrar tudo para eles de novo! Foto: Ilustrativa. Mara Montezuma Assaf. São Paulo/SP