29 de abril de 2015

Escassos Recursos Hídricos

Houve época que a opção energética do Brasil dependia basicamente das caríssimas usinas termelétricas, puxadas a diesel. Mas, ao sentir a necessidade de crescer, reduzindo custos, e graças à quantidade de mananciais disponíveis, o país optou pelas hidrelétricas que transformam energia mecânica em elétrica com o aproveitamento da força das correntezas dos rios para movimentar turbinas, acopladas a um gerador. Aí surgiram as usinas de Paulo Afonso, Itaipu, Xingó e Tucuruí, instaladas em caudalosos rios. Porém, ao perceber a exaustão do sistema, o país avança na produção de energia renovável, derivada da biomassa, eólica e solar. Riquezas que o Brasil dispõe em abundância. Foto: Compesa. Carlos Ivan. Olinda/PE