2 de abril de 2015

Semana Santa: Carne não, bebida sim

Durante a Semana Santa, a Igreja Católica aconselha aos seus fiéis de não comer carne. Quem sofre são os mas carentes, pois como conseguir dinheiro para comprar peixe e o bacalhau, cujo preço do quilo está mas caro do que um ventilador por exemplo. O jeito vai ser comer sardinha em lata e olhe lá. Enquanto a Igreja diz que é para não comer carne, libera o consumo do vinho, uma bebida de alto teor alcoólico. E o resultado todos já sabem. Todos os anos são milhares de fiéis embriagados e cometendo um pecado maior do que ter comido carne, pois isso leva ao vício e causa transtorno os mais diversos. Brigas, batidas de carros, marido chegando em casa sem o dinheiro do sustendo da família etc. Pergunto: É ou não uma contradição muito grande essa? Foto: Henrique Brigatte. Firmino Caetano Junior. Recife/PE