5 de agosto de 2013

Perigo nas ambulâncias

Parece que virou moda. A qualquer hora do dia e da noite é normal observar ambulâncias (geralmente pertencentes a órgãos públicos) circulando pela cidade sem as mínimas condições de tráfego, especialmente muitas delas de prefeituras do interior do estado de Pernambuco. Doentes que precisam desse tipo de transporte e que estão em estado grave, correm o risco de chegar morto ao hospital. Não por causa da doença, e sim, porque durante o percurso da viagem com essas "ambulâncias", justamente pelo estado precário que se encontram, não acontecer acidentes graves. Esta por exemplo fotografada dentro do hospital Getúlio Vargas, que fica no bairro do Cordeiro, e pertencente a Secretaria de Saúde do estado, é uma dessa que precisa de reparos e manutenção urgente, pois lataria já apresenta ferrugens, pneus gastos e outros desmantê-los. Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE