25 de agosto de 2013

Um milhão de pedra de crack apreendida com ajuda de um cão

A Polícia Federal em Pernambuco, prendeu dia 21/08 três suspeito de tráfico de drogas sendo um empresário, um pintor e um motorista. As prisões aconteceram em virtude de investigações realizadas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes, as quais davam conta de que três homens estariam numa carreta oriundos do sul do país com destino à capital pernambucana trazendo grande quantidade de material entorpecente. De posse dessas informações foi montada várias equipes de policiais federais, os quais se dirigiram para os principais pontos de entrada da capital pernambucana com vistas a averiguar a veracidade das informações bem como localizar e prender os possíveis suspeitos.  A ação teve seu desfecho final quando os federais localizaram o veículo no galpão de uma empresa no bairro de Ouro Preto-Olinda/PE, descarregando uma carga de condimentos e produtos alimentícios, e após ser constatado que os três investigados estavam no local foram abordados e ao ser feita uma busca minuciosa com a ajuda imprescindível do cão farejador “BAK”, que deu sinal de que a droga estava oculta em dois pneus estepes do caminhão. Procedido sua desmontagem foi encontrado em seus interiores vários tabletes de pasta base de cocaína com um peso bruto de 89 Kg, que daria para fazer aproximadamente 267 Kg de crack o que corresponde a 1.100.000 pedras da droga. Foto: Divulgação. Giovani Santoro. Assessoria e comunicação.