13 de setembro de 2013

Esculhambação na porta da exposição

Pedestres que passam diariamente pela calçada neste trecho da Avenida Caxangá em frente a entrada principal do Parque de Exposição de Animais, no bairro do Cordeiro, estão se queixando da grande quantidade de barracas instaladas no local, tirando o direito dos contribuintes de ir e vir, e obrigado a caminharem pela pista bastante movimentada e correndo assim o risco de serem atropeladas. As barracas vendem de tudo e a falta de higiene como também a sujeira no local, é de fazer inveja a qualquer lixão. É preciso que a Prefeitura da cidade do Recife tome uma pedida urgente para acabar com toda esta baderna que não deixa de ser um problema social, enviando ao local agentes da Secretaria-Executiva de Controle Urbano (Secon) para se tomar as medidas cabíveis para o caso, junto com agentes da Secretaria de Saúde do município, para averiguar o que as barracas vendem e multar ou mesmo interditar aquelas que por acaso estejam comercializando produtos fora dos padrões exigidos, comidas mal armazenada, com prazo de validade vencidas e por ai vai. Mas, é preciso agir rápido, pois a cada dia que passa, as barracas vão se multiplicando, causando assim uma péssima impressão junto aos turistas quando a copa de 2014 chegar. Que medidas serão tomadas? Foto: Firmino Caetano Junior. Recife/PE