16 de outubro de 2013

Parece que o problema é político e não de saúde

Tenho assistido na Televisão o depoimento de muitas pessoas sobre o programa mais médicos. Quase que a totalidade dos "médicos brasileiros" e as das pessoas que "não precisam" deste tipo de atendimento estão contra. Estas pessoas não se referem aos médicos colombianos, peruanos, portugueses e de muitos outros países, mas a importação de " médicos cubanos " que me parece mais um problema político do que de saúde. Não entendo porque tanta polêmica e diria até preconceito, quando na realidade as pessoas que estão sendo atendidas por eles nos interiores deste país afora e muitos deles sem médicos há anos, estão gostando e elogiando a presença desses profissionais, até que se prove ao contrário. Se irão encontrar problema seja com relação a falta de medicamentos, super-lotação, espaço físico e sem estrutura nos postos onde estão atendendo o povão, é um problema que será resolvido com o tempo e será resolvido entre eles e o governo. Logo acho que ele vai dar certo e vai ficar na história do Brasil. Foto: Reprodução da televisão. Edson Campos E Silva. Recife/PE