27 de março de 2014

Crime e inflações ambientais

A Polícia Federal em Pernambuco, em ação conjunta com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade e Área de Proteção Ambiental Costa dos Corais vem desenvolvendo várias ações repressivas e preventivas no sentido de evitar e coibir diversos crimes ambientais em Várias localidades tais como: Maragogi, Taocas, Barra Grande, Galés e Paripueira (Alagoas), Toquinho, São José da Coroa Grande, Porto de Galinhas Serrambi e Tamandaré (Pernambuco), de fiscalização a documentação dos barcos, tráfico de drogas e de pessoas, documentação de estrangeiros, contrabando, transporte de menores, caça e pesca ilegal e invasão de área ambiental. Ao serem abordados todos os órgãos envolvidos checam as condições das embarcações dependendo de sua área de atuação. A Polícia Federal vem participando de tais incursões desde 07/02/2014 e se estenderá até o dia 06/04/2014. Está sendo utilizando várias viaturas ostensivas, embarcações modernas, além de vários Jet Skis. os quais são operados por diversos analistas, técnicos ambientais e agentes federais. Foto: Cortesia da Polícia Federal de Pernambuco, para o blog As Mazelas do Recife