19 de março de 2014

Jornal tenta jogar a população contra os militares

A Folha de São Paulo publica matéria inverídica afirmando que a Marcha marcada para o dia 22 de março é pela volta dos militares ao poder. Não poderia ser mais mentirosa e parcial esta notícia, pois o que se pretende é fazer um protesto contra o governo de Dilma Rousseff e Partido dos Trabalhadores em geral, e até apelando aos militares que, caso o Brasil esteja em risco iminente de se tornar um Estado socialista bolivariano, eles intervenham para impedir que tal se dê, como aconteceu na Venezuela, pois este regime afronta completamente nossa Constituição. Isto não significa que queiramos um governo militar. Queremos sim um governo civil que obedeça o regime democrático e a Constituição de 88. Esta notícia da Folha de São Paulo tenta jogar a população contra os militares que se mantem em silêncio até agora, esquecendo que uma das funções das forças armadas é defender a Carta Magna e o estado de Direito, que atualmente já estão sendo aviltados pelo governo do Partido dos Trabalhadores. Foto: Firmino Caetano Junior. Mara Montezuma Assaf. São Paulo/SP